Relações Étnico-Raciais e de Gênero são tema de curso para a Educação

Garantir aos profissionais da Educação uma formação crítico-reflexiva. Esta é a proposta do curso de aperfeiçoamento em Educação Profissional - "Ênfase na Educação de Jovens e Adultos, relações Étnico-Raciais e Relações de Gênero", lançado na última segunda-feira, dia 10 de agosto, às 14h, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), localizado no bairro Amarais, em Campinas.
 
 
Mais de 30 professores de Educação de Jovens e Adultos (EJA) se inscreveram e participaram da cerimônia de abertura. A iniciativa é uma parceria da Secretaria Municipal de Educação de Campinas com o IFSP. Também estiveram presentes no lançamento a diretora executiva da Fundação Municipal para Educação Comunitária (Fumec), Darci da Silva; o diretor pedagógico da secretaria, Juliano Pereira Mello, e o diretor geral do Campus Campinas IFSP, Daniel Saverio Spozito.
 
 
"Estamos caminhando para, cada vez mais, oferecer formação aos profissionais que atuam na Educação de Jovens e Adultos", comenta a diretora executiva da Fumec, Darci da Silva. Com duração de um semestre, o curso abordará temas como História da Educação Profissional no Brasil e Relações Étnico-Raciais e de Gênero.
 
 
A Fumec responde, no município, pelos Programas de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos (EJA I) e pelo Programa de Educação Profissional, realizado no Centro de Educação Profissional de Campinas (Ceprocamp).